BEACH TÊNNIS

PRINCÍPIOS GERAIS
Art. 1º – As competições de Tênis dos JOBIS serão regidas pelas regras da International Tenis Federation – ITF, por este Regulamento e conforme o disposto no Regulamento Geral.
Art. 2º – O Beach Tênnis será disputado nas seguintes categorias:
Absoluto: Todas as idades.
Master: Completar o mínimo de 40 anos no ano dos Jogos.

Parágrafo único – As inscrições serão de forma individual, conforme estabelece o Regulamento Geral.
DOS PARTICIPANTES
Art. 3º – Os beach tenistas deverão apresentar-se devidamente uniformizados.
SISTEMA DE DISPUTA
Art. 4º – Sistema de Disputa:
– 03 a 05 JOGADORES: Sistema de rodízio simples jogando todos contra todos, sendo campeão aquele que atingir o maior número de pontos ganhos.
– 06 JOGADORES: Duas chaves de 03 jogadores em sistema de rodízio simples dentro das chaves, classificando-se os dois primeiros de cada chave. Semifinal em sistema de cruzamento olímpico.
 Semifinal
 1º A x 2º B
 1º B x 2º A
 Final
– 07 JOGADORES: Uma chave de 03 jogadores e outra com 04 jogadores em sistema de rodízio simples dentro das chaves, classificando-se os dois primeiros de cada chave. Semifinal em sistema de cruzamento olímpico.
 Semifinal
 1º A x 2º B
 1º B x 2º A
 Final
– 08 JOGADORES: Duas chaves de 04 jogadores em sistema de rodízio simples dentro das chaves, classificando-se os dois primeiros de cada chave. Semifinal em sistema de cruzamento olímpico e final.
 Semifinal
 1º A x 2º B
 1º B x 2º A
 Final
– 09 JOGADORES: Três chaves de 03 jogadores em sistema de rodízio simples dentro das chaves, classificando-se o primeiro e o segundo de cada chave e dois melhores terceiros por índice técnico das três chaves.
 Quartas de Final
 1º A x 1º MIT
 1º B x 2º MIT
 1º C x 2º B
 2º A x 2º C
 Semifinais
 Vencedores Jogos (1º A x 1º MIT) x (1º C x 2º B)
 Vencedores Jogos (1º B x 2º MIT) x (2º A x 2º C)
 Finais
– 10 JOGADORES: Duas chaves de 05 jogadores em sistema de rodízio simples dentro das chaves, classificando-se os quatro primeiros de cada chave.
 Quartas de Final
 1º A x 4º B
 1º B x 4º A
 2º A x 3º B
 2º B x 3º A
 Semifinais
 Vencedores Jogos (1º A x 4º B) x (2º A x 3º B)
 Vencedores Jogos (1º B x 4º A) x (2º B x 3º A)
 Finais
– 11 JOGADORES: Duas chaves de 04 jogadores e uma de 03 jogadores em sistema de rodízio simples dentro das chaves, classificando-se os dois primeiros de cada chave e os dois terceiros melhores por índice técnico das 3 (três) chaves, desconsiderando-se para efeito de apuração do
MIT os resultados dos confrontos com os 2 (dois) últimos colocados das chaves com 4 componentes.
 Quartas de Final
 1º A x 1º MIT
 1º B x 2º MIT
 1º C x 2º B
 2º A x 2º C
 Semifinais
 Vencedores Jogos (1º A x 1º MIT) x (1º C x 2º B)
 Vencedores Jogos (1º B x 2º MIT) x (2º A x 2º C )
 Finais
– 12 JOGADORES: Três chaves de 04 jogadores em sistema de rodízio simples dentro das chaves, classificando-se os dois primeiros de cada chave e dois melhores terceiros por índice técnico das três chaves.
 Quartas de Final
 1º A x 1º MIT
 1º B x 2º MIT
 1º C x 2º B
 2º A x 2º C
 Semifinais
 Vencedores Jogos (1º A x 1º MIT) x (1º C x 2º B)
 Vencedores Jogos (1º B x 2º MIT) x (2º A x 2º C)
 Finais
13 OU MAIS JOGADORES: Serão formadas chaves de no mínimo 03 e máximo de 5 jogadores em sistema de rodízio simples dentro das chaves, classificando-se sempre oito ou dezesseis jogadores podendo ficar as seguintes fases conforme o número de classificados desta forma:
Segunda Fase (eliminatória): Oitavas de final
Terceira Fase (eliminatória): Quartas de final
Semi-final
Final
Art. 5º – Na fase classificatória, a classificação se fará através de número de vitórias alcançadas, e havendo empate, seguirá os seguintes critérios, pela ordem:
a) Confronto Direto;
b) Melhor Saldo de games;
c) Sorteio.
Art. 6º – Todas as partidas serão disputadas em 1 (um) set de 8 (oito) games (set pro), havendo empate em 7 X 7 vai a 9 games, havendo empate em 8 X 8, Tie-Break (até 7 pontos).
Art. 7º – O árbitro da partida concederá tolerância de 15 (quinze) minutos após o horário marcado para o início do jogo. Findo esse prazo, o jogador ou equipe ausente perderá os pontos do jogo por WxO, que será considerado como placar de 8×0.
Parágrafo Único – no caso de rodada dupla, não será concedida tolerância para o início da segunda partida, salvo por motivo de força maior, a critério do delegado do jogo.
DAS DISPOSIÇÕES GERAIS
Art. 8º – A programação dos jogos não poderá sofrer alterações, salvo por motivo de força maior, a critério da Coordenação Técnica.
Art. 9º – Os casos omissos neste regulamento, ocorridos durante a disputa das partidas, serão resolvidos pelo chefe da Comissão de Arbitragem presente no local.
Art. 10 – Nenhuma partida deixará de ser realizada por falta de árbitros. O Delegado do Jogo ou representante da Coordenação Nacional dos JOBIS, em conjunto com as equipes presentes, indicarão representantes para atuarem como árbitros.
Parágrafo único – Neste caso, a partida deverá será iniciada no horário estabelecido, seguindo normalmente até a chegada do árbitro ou auxiliares oficiais, quando a partida será paralisada e efetivada a substituição.
Art. 11 – A bola utilizada será stage 2, e a marca será definida pela Coordenação Nacional dos JOBIS.
Art. 12 – As raquetes poderão ter no máximo 55 cm de comprimento por 30 de largura e serem específicas para a modalidade.
Art. 13 – A qualquer época, a Coordenação Nacional dos Jogos – caso considere importante – acrescentará novas instruções visando esclarecer dúvidas e assegurar o bom andamento do
Campeonato.
Art. 14 – Os casos não previstos neste regulamento poderão estar contidos no Regulamento Geral dos JOBIS, ou serem editados em ANEXOS, que serão parte integrante deste Regulamento e do Regulamento Geral dos JOBIS.

Deixe um comentário